Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

UMA VIDA MAL FADADA

palavrasfado.jpg

Uma vida mal fadada
É uma via sem norte
Desde logo condenada
À pura falta de sorte.

Nos destinos sem destino
Só há luzes apagadas
As vidas são só uns nadas
Neste mundo peregrino.

Nos labirintos da sorte
Tudo corre bem ou mal
Corre a vida e corre a morte
Num passo igual desigual.

Remir o azar com a sorte
Ludibriando o destino
É como fugir da morte
Ou ficar sempre menino.

O tempo já não decorre
Ora pára ora voa
E nenhuma coisa é boa
Nada nasce tudo morre.

A pouco e pouco se extingue      
O sopro que a vida dá
Já não há nada que vingue
O nada é tudo o que há.

Já enxergo o precípicio
Não fujo não vale a pena
Que alma ficou pequena
E a vida é só suplício.

Se um dia fizer um mapa
Que simbolize a tristeza
Pode servir-lhe da capa
Toda a minha natureza.

Por sobre um rio gelado
A minha tristeza em festa
É trenó por cães puxado
Através duma floresta.

Não sei se é angustiante
Ou se apenas insulúvel
Esta vida tão volúvel
Que se exaure num instante.

Procurar em Deus Jesus
Uma forma de refúgio
Talvez seja um subterfúgio
Talvez seja uma luz.