Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

AS PALAVRAS DO MEU FADO

acorrentado.jpg


Não sei pra onde me levam
As palavras do meu fado
Só sei que em mim não sossegam   
Nem me deixam sossegado.

Segredam-me a toda a hora
Nunca me põem de lado
Nunca me deixam de fora
As palavras do meu fado.

Correm sempre à brida solta
Chegam sempre a todo o lado
E não precisam de escolta
As palavras do meu fado.

Quando ficam descontentes
Dizem-no em tom exaltado
Não se prendem com correntes
As palavras do meu fado.

Meus ouvidos não são surdos
Nem eu vivo acorrentado
Reagem contra os absurdos
As palavras do meu fado.


A boa hora de agir
Chega no momento asado
Ninguém poderá fugir.
Às palavras do meu fado.

Num tempo cadenciado
Penetram as consciências
Em nenhum lado há ausências
Das palavras do meu fado.

De carácter susceptível
Há quem se ache mal visado
Ninguém fica inacessível
Às palavras do meu fado.

O fado da minha vida
É um destino fadado
São uma vida vivida
As palavras do meu fado...