Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

O ARTICULISTA

articulista.jpg

Terrenos após lavrados
Eternamente em pousio
São peixes envenenados
Nas águas podres dum rio.

As enguias que se escapam
das manhas do pescador
São frutos que não se alapam
Aos campos do mau feitor

As redes que são cosidas
pelas mãos de quem não sabe
São pescarias perdidas
Nos mares de quem as abre.

Sapateiro de sovela
Bem trabalhada na mão
Quando toca rabecão
Aos ouvidos traz sequela.

O articulista inventado
Manobra mal a charrua
Fica a terra sempre nua
Onde passa o seu arado.