Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

SÓ EU SABIA



Trá lá lá, trá lá lá, o teu cantar
Relembra a tua infância revivida
Que forjou a mulher tão decidida
Quantas saudades traz o recordar!

Menina e moça alçaste o teu olhar
Perdido nas lonjuras do destino
Era eu então ainda e só menino
E tu uma andorinha a esvoaçar.

Bateste as asas fortes, resolutas,
Chegaste ao alto sonho que sonhavas
São as tuas virtudes impolutas.

Enquanto a tua escada tu trepavas
Tornavas as certezas absolutas
Porém, só eu sabia ao que chegavas...