Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

A TUA INOCÊNCIA



Passei por ti a correr
Reparei no teu vestido
Justo que deixava ver
Um corpo bem esculpido!

Uma leve transparência
Do meu silêncio Loquaz
Despiu a tua inocência
No meu pensar de rapaz.

Os contornos imprecisos
Do teu corpo eu cingia
Movimentos indecisos
De quem não viu o que via...

Porém eu via a nudez
Do teu corpo imaculado
E mimava com cuidado
Tua acetinada tez.

Na fácil ingenuidade
Dos anos poucos e insossos
Os enganos e a maldade
Ainda deixam remorsos.