Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

AS TUAS MÃOS

astuasmaos.jpg

Que saudades daquelas tuas mãos!
Macias de veludo e absorventes
Provocando os desejos mais ardentes
Nos nossos corpos jovens e tão sãos.

Não eram para nós os dias vãos
Pois vivíamos sempre assaz contentes
E, à noite, tão unidos e adjacentes
Como as escadas aos seus corrimãos.

Agora tenho fome sede e frio
Perdi a Primavera e o Estio
E o Inverno tomou conta de mim

Mas, às vezes, o Outono ainda brilha
E me traz à memória a maravilha
de sonhar e me crer dentro de ti!

7 comentários

Comentar post