Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

ESTOU TRAMADO









Estou tramado
Como sói dizer-se
Um imenso amontoado
de madalhas a debater-se

Gera tanto zumbido
Que já não quero fazer nada
Deixa a vida sem sentido
E a alma desenraizada

Medalhas sobre medalhas
Caídas arremessadas
Como lâminas de navalhas
Cortam a vontade amortalhada

Saí à rua e finalmente
Vi que o nada de nada
É fazer o mesmo constantemente
Em troca duma mesada

As aves preparam a sua comida
Constroem os seus ninhos
Tratam sozinhas dos filhos
Tem sentido a sua vida...

Onde não existe nada para fazer
Há mais tempo para rezar
Reflectir sem ser a correr
No sentido que à vida só Deus pode dar!