Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

UM SILÊNCIO



Poderá haver silêncio
No ruído que o invoca
Numa constante tendência
Que soa de boca em boca?

Saberá estar sozinho
Quem de por si não entende
Que a cada passo depende
Do compadrio mesquinho?

Saberá bem o que diz
Quem repete sem sentido
Uma leitura infeliz
De livro que terá lido?

Terão parado no limbo
Da reflexão filosófica
Pulmões cheios de basófia
Como fumo de cachimbo?

A moeda que se lança
Ao ar sem cair no chão
Brilha na palma da mão
Do silêncio que não cansa...