Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

OS MEUS DIAS VELAM LUTOS



Do mundo não quero nada
Só quero ficar sozinho
Percorrendo o meu caminho
Numa última jornada.

De mim se afasta o horizonte
Também o céu, e as estrelas
Cada vez custa mais vê-las
Do declive do meu monte.

Comigo numa aliança
Silêncios encanecidos
Reduzem os meus geminos
A um sono de criança.

Ocultos numa caverna
Os sorrisos meus de outrora
Mais sombrios são agora
Que o meu espírito hiberna.


Por mim passa impunemente
Uma nefasta rasoira
Que trabalha feita moira
Nivelando tudo rente.

Já secaram as searas
E morreram muitos frutos
Os meus dias velam lutos
De horas boas que eram raras...