Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

A VIGIA



Da família quem diria
Direita bem direitinha
Embora uma sobrinha
Também me monta vigia...

O meio analfabetismo
Muito perto do completo
É como que um bairrismo
Que se torna predilecto...

Vivente que não existe
Ao fugir dos existentes
Cava com os próprios dentes
Uma inexistência triste...

- Não tenho nenhum filhote,
Um filhinho é o que convém -
No fogo mais um archote
Dos que não me julgam bem...

Aquele que  mal me julga
Julgando sem refletir
Só de si anda a fugir
Ao pôr-se de mim em fuga...

Se a sobrinha alcançasse
Isto que acabo de urdir
Talvez nunca mais montasse
Vigia pra me fugir...