Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

POETA TALVEZ



Um poeta pode bem ser
Quem aventa um pensamento
Que não cai no esquecimento
Daqueles que o sabem ler.

Um ouriço aveludado
Que em si traz uma castanha
Esquecido o razoado
Pouco fica da resenha.

Um castanheiro descrito
Nunca será descoberto
Quer se passe longe ou perto
Quer se leia o que foi dito.

As palavras sem mensagem
Belas embora não são
Mais que uma lábil aragem
Que não se prende na mão.

Uma árvore afinal
Não se descreve jamais
Em Viagem a Portugal
Do que eu diz quem sabe mais.

A poesia não há-de ser
Beleza só de aparência
Nem fala que traga ausência
Daquele que a escrever!