Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

O CONDENADO



A morte por dentro da própria vida
Traz consigo o condenado injustamente
Todos os dias faz a despedida
De ninguém e de toda a gente.

Os equívocos corrosivos dos corroídos
Que de humano só têm o tabernáculo
Roubam à vida todos os sentidos
Porque a razão lhes é um eterno obstáculo.

O pano cerzido com perfeição
Será sempre um pano remendado
Igual ao remendo da ilusão
Que ilude os juízes do condenado...

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.