Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

CABEÇA TONTA



Andei pensando seriamente
Num poema de amor mais alegre
Em que a gente viva contente
Em que a tristeza não se nos apegue:

Ai amor como eu te amo
Sei que me amas também assim
Ou eu muito me engano
Ou este amor não terá fim.

Vejo no céu bom augúrio
E nos teus olhos também
Juro sem cometer perjúrio
Que te amarei ainda no além.

Há em tudo o que tu fazes
Um pensamento positivo
Nunca fazemos as pazes
Pois não te zangas comigo.

No seio do nosso lar
Tudo é grande ainda que pequeno
Sempre que vens anichar
No meu o teu corpo moreno.

Entre o teu e o meu corpo
Juntamente com o calor
Há uma troca de amor
Que nunca chega a ponto morto.

E pronto alcancei a conta
das cinco quadras habituais
Não carece forçar mais
Esta minha cabeça tonta...