Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

UM SONHO



Vi um sonho a correr
Um sonho a crescer
Um sonho realidade
Não de bens a receber
Que possam enriquecer
senão a curiosidade.

Numa viagem diária
Que se torna já ordinária
Sem ser por necessidade
Percorro Lisboa a esmo
Enriqueço-me a mim mesmo
Redescobrindo os tesouros da cidade.

Sem roteiro programado
Ando por todo o lado
Aceito o que o acaso me traz
Emoções inexprimíveis
Momentos inesquecíveis
A tranquilidade da paz.

Muito tenho visto e revisto
Ainda assim não resisto
A passar mais uma vez
Chega ao ponto a fantasia
De confirmar a freguesia
Junto de um e outro Freguês.

Coisas que levarei um dia
Para aquela moradia
A que chamam eternidade
Por ora não penso na morte
Prefiro bendizer a sorte
de viver uma tal felicidade!