Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

TEMPO QUE FINDOU

Q

As águas calmas do mar

Lambram-me o teu olhar

Sereno e convidativo

De repente fico apreensivo

Porque não sei se vais voltar.

 

Quando viviamos juntos

Havia um paraíso

No teu doce sorriso

Momentos que são defuntos

Falecidos num tempo impreciso.

 

Após nevoeiro cerrado

Voltando o Sol a brilhar

O bom humor é renovado

Assim seria ver-te regressar.

 

As pétalas já caídas

De qualquer flor que murchou

São horas por nós vividas

Nesse tempo que findou!