Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

A TUA MARCA

Deixaste em mim a tua  marca

No dia em que nós dois caímos

Naquela palha seca e farta

E felizes de lá saímos.

 

Olho para ti e revejo

Uma donzela afogueada

Em cima da palha deitada

Que morre e provoca desejo.

 

Ainda me recordo bem

Do teu arfar e dos gemidos

Quase abafavam os ruídos

Que chegavam de mais além.

 

Inefável esta memória

De que falo com meus botões

Verdadeiro dia de glória

Bálsamo nas desilusões!