Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

O OUTRO LADO

Os seus dedos ardilosos

Já me faziam crescer

E os lábios sequiosos

Ajudaram-me a erguer.

 

Acolheu o crescimento

Com o peito ao meu colado

Fez um subtil movimento

E eu entrei no outro lado.

 

Abandonei no outro lado

O que já não me pertencia

Mas pouco tempo passado

O desejo se reacendia.

 

Um desejo depravado

A que por nada resistia

Irrompi pelo outro lado

Sem saber o que fazia...