Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

ROUBOU-LHE A SEMENTEIRA

Começámos com uma valsa

Mas outra seria a dança

A promissora esperança

Que me deu não era falsa.

 

Mal me aflorou um inchaço

Logo me agarrou na mão

Me levou a um terraço

E ajoelhou-se no chão.

 

De joelhos como quem resa

Uma devota oração

Arregaçava a sua presa

Descendo e subindo a mão.

 

Chegada a hora derradeira

Beijou a presa em brasa

Menteu-a dentro de casa

E roubou-lhe a sementeira...