Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

VERSOS RIMADOS

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

Versos de amor, de crítica, de meditação, de sensualidade, criados ao sabor da rima e da métrica pelo autor do blog...

AS TUAS MÃOS

astuasmaos.jpg

Que saudades daquelas tuas mãos!
Macias de veludo e absorventes
Provocando os desejos mais ardentes
Nos nossos corpos jovens e tão sãos.

Não eram para nós os dias vãos
Pois vivíamos sempre assaz contentes
E, à noite, tão unidos e adjacentes
Como as escadas aos seus corrimãos.

Agora tenho fome sede e frio
Perdi a Primavera e o Estio
E o Inverno tomou conta de mim

Mas, às vezes, o Outono ainda brilha
E me traz à memória a maravilha
de sonhar e me crer dentro de ti!

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Abel 10.06.2009 17:35

    Acredito que possa haver pessoas altruístas ao ponto de se darem ao trabalho de publicar centenas de versos que não sejam da sua própria autoria, não é o meu caso e além disso tenho o hábito responsável de mencionar o autor de tudo o que escrevo nos meus blogs que não seja da minha autoria...
  • Sem imagem de perfil

    Jos´´Montanha 15.06.2009 10:31

    Obrigado pela resposta. Felicito-o também pelos versos. Acontece que uma amiga russa mos mandou assinados por Fernando Pessoa.

    Bem haja.

    José Montanha
  • Imagem de perfil

    Abel 15.06.2009 21:35

    Foi um engraçado, que se diz de Moscovo, que copiou alguns sonetos do meu blog e publicou no site mencionado no meu comentário anterior e incluído nos links

    Obs.
    зто я написал все здесь опубликованные стихи
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.